Evolução das Linguagens de Programação



História das linguagens de programação

          Antes de conhecer toda a história das linguagens de programação é preciso ter uma definição sucinta do que a mesma significa. Linguagem de programação é um método padronizado de expressar uma instrução ao computador, um conjunto de regras sintáticas e semânticas, que sejam reconhecíveis, por meio de softwares de compilação, interpretação ou mesmo linguagem de máquina, conhecida como binária.

          Linguagens de programação, pela sua própria natureza, são criadas e mudam muito rapidamente. Cada nicho, necessidade e mercado criam oportunidades para o desenvolvimento de novas formas. Um documento escrito no começo de 1995 listava a existência de 2350 diferentes linguagens. Outra página, mantida para ilustrar um programa em particular, lista mais de 500.

          A primeira linguagem criada foi a PLANKALKÜL, desenvolvida por Konrad Zuse, na Alemanha, esta não teve nenhum impacto nas gerações futuras no desenvolvimento de outras linguagens. ASSEMBLYtambém criado na década de 50 foi um marco importante que trouxe consigo a facilidade do uso de variáveis, mas foi considerada uma linguagem de baixo nível.
          A primeira linguagem de alto nível foi o FORTRAN, cujo significado vem da expressão FORmula TRANslation, criada em 1954, possuía uma facilidade que era uma gama de instruções prontas. Em 1957 foi criada [B-0], que daria origem a Flow-Matic (1958), antecessor imediato de COBOL, de 1959. Lisp e ALGOL foram criadas em 1958. COBOL, “Common Business Oriented Language”, como já dito, foi criada no fim da década de 50 com o objetivo de ser plataforma de desenvolvimento para aplicações bancárias e financeiras em geral.
          A Lisp, como dito anteriormente, nasceu em 1958 como uma ferramenta matemática independente de qualquer computador e só posteriormente se procedeu à sua adaptação a uma máquina e é uma linguagem dinâmica, cujos programas são constituídos por pequenos módulos, de funcionalidade genérica e que cumprem um objetivo muito simples. Já o Algol também desenvolvido em 1958 e possui várias versões, como por exemplo o Algol 58,Algol 60 e por fim o Algol 68. O Algol 58 foi a primeira proposta da linguagem, seguida pela Algol 60 que é a versão mais conhecida por todos, já o Algol 68 é a versão mais poderosa, porém menos conhecida, onde é uma linguagem imperativa e projetada a meta de um escopo muito maior de aplicações e uma sintaxe e semântica mais rigorosamente definida.

          O Pascal é outra linguagem de alto nível, criada durante a década de 60. É uma linguagem bastante estruturada, com regras bastante rígidas, o que torna difícil de usar.
          A Ada é uma linguagem de programação estruturada, de tipagem estática, imperativa, orientada a objetos e é uma linguagem de alto nível, da qual foi origina do Pascal e outras linguagens.
          O Smalltalk é uma linguagem orientada a objetos fracamente tipada, nela tudo é objeto, sejam os números, as classes, os métodos, blocos de código, dentre outros.
          O C foi desenvolvido durante a década de 70, mas ainda é largamente utilizado. A grande vantagem do C é permitir escrever tanto programas extremamente otimizados para a máquina, como seria possível apenas em Assembly, e ao mesmo tempo vir com várias funções prontas, como uma linguagem de alto nível.
          O C++ mantém os recursos do C original, mas traz muitos recursos novos, como recursos orientados a objetos, sento também bem mais fácil de utilizar. O C++ é bastante usado atualmente para desenvolver muitos programas para várias plataformas.
          O Visual Basic por ser uma linguagem visual, ele é extremamente fácil de usar, janelas, botões e muitas funções já vem prontas, bastando ao programador usá-las em seus programas.
          O Java, muito conhecido e usado nos dias de hoje, também é uma linguagem orientada a objetos e foi desenvolvida na década de 90 por uma equipe de programadores chefiada por James Gosling, na empresa Sun Microsystems. Diferentemente das linguagens convencionais, que são compiladas para código nativo, a linguagem Java é compilada para um “bytecode” que é executado por uma máquina virtual.

Linguagens de Programação mais utilizadas:


Ordem cronológica a criação das linguagens de programação:

          Assim, qual será o caminho evolucionário que as nova linguagens seguirão? Obviamente, as necessidades atuais em termos de programação não permanecerão constantes. Será que os modelos procedurais e/ou orientados a objeto, tais como existem hoje serão capazes de atender a essas necessidades? Será que linguagens como Smalltalk e Lisp, que provaram-se resistentes à passagem do tempo, serão capazes de se manter atuais sem mudanças significativas em sua sintaxe e semântica? Quais serão os grandes temas futuros das linguagens de programação?
          Essas são perguntas que não sei nem por onde começar a responder, mas que acredito serem cruciais para o futuro do desenvolvimento de aplicações.

          Querem saber mais Linguagens de Programação, aqui segue um link com as mais variadas Linguagens criadas até o momento. Divirtam-se...

Pesquisa reformulada dos sites abaixo:

Ler Comentários' (1)comentários

1 Resposta para "Evolução das Linguagens de Programação"

  1. Anônimo Says:
    27 de outubro de 2020 14:42

    informações incorrectas. corrija por favor.

Postar um comentário